04/01/2018

Mutação geral

Mutação Geral. Já imaginou a confusão que vai dar, se as frutas aderirem a ideologia de gênero?

Vou ter de colher figo na mangueira, abacaxi na laranjeira. Se quiser banana, precisarei procurar em um abacateiro e acerola na já queira.

Tudo isso exigirá uma adaptação tão grande, e tão cara, que nem valerá à pena completar.

Que tal a gente voltar ao esquema original? Gostaria de voltar a procura  figo na figueira e manga na mangueira.

As mudanças podem se tornar tão profundas, que teremos de entrar em uma sorveteria para comprar roupas e na sapataria para comprar sorvete. Que confusão!

Hoje em dia, a confusão do gênero é tão grande e a gente já não sabe mais quem é quem. As aparências enganaram. Deus deixou a mãe natureza ligada no automático e resolvemos tomar a direção, reprogramar e ser como Deus. Se Deus fosse do tipo que dá bobeira, a gente fazia ele de novo. Esta foi exatamente a proposta feita pela serpente a Adão: — Serás como Deus (Gn 3).

O ser humano já não é, e mostra claramente as marcas da sua revolta contra Deus, recriando, forçando a barra, e achando que pode fazer melhor. Já mexemos tanto  com a natureza, que ao ouvirmos um miado, não sabemos mais se é gato, cachorro ou elefante.

Deus, na sua inatingível sabedoria, programou e deixou no automático.

Gente do Céu! Vamos continuar sendo criaturas e não criadores. Onde vai parar esta mutação toda? Talvez viremos o cara da foto.

UbiraCrespo

#ideologiadogenero #mutacaoGay #ideologiadogenesis #biologia

Argumentos politicamente corretos

A verdade deve ser sempre convidada para um diálogo proveitoso?

Uma prática muito usada durante um diálogo onde falta argumento, é tentar denegrir a imagem daquele que pensa diferente de nós. Este ambiente é sujeito a contaminações virulentas. Se não achamos respostas para questionamentos inesperados, procuramos nos defender falando de defeitos reais ou imaginário do oponente. Muitos fazem questão de torná-los públicos.

É sempre bom admitir, que nossos defeitos existem e que é preciso ser um ótimo artista para os esconder. Se não conseguirmos escondê-los, percebem, inventam, deturpam nossas palavras, se fazem de vítimas e insinuam. São capazes até de colocar na sua boca, palavras que você não disse.

Demonstração de fraqueza, é claro, mas com o objetivo de causar perturbação e falta de controle. Tente permanecer inabalável, por mais difícil que possa parecer.

O amor não abre mão da verdade, antes a defende, pois sabe que a verdade dói, mas liberta. A disfarçatez parece livrar, mas geralmente se transforma em uma prisão eterna.

A mentira é um parafuso sem rosca, que precisa ser apertado pelo resto da sua vida, se quiser continuar mosteando uma imagem falsa a seu próprio respeito.
Palavras doces, discursos politicamente corretos e aparência de zelo são as matérias primas mais utilizadas para esconder a verdade a seu respeito.
A mentira, ao contrário da verdade, não dói, mas não liberta. A cirurgia não incomoda, mas só enquanto estamos sob o efeito da anestesia. A mentira anestesia, mas não desfaz os incômodos do pós operatório.

O diabo faz você se sentir bem consigo mesmo. Dependendo dos resultados dos exames, onde só procura doenças, ele pode lhe dar esperança ou preocupações. Não pode se calar diante do problema, pois o enfrentamento da doença é que cura.

O falso amigo não cura, apenas alimenta a sua sensação de bem estar receita do paliativos.

Mantenha uma distância segura de lábios excessicamente adocicados, mas venenosos. Eles podem lhe matar.

Ubirajara Crespo

07/11/2017

Corpo de Cristo, uma montagem difícil de ser feita.

O Corpo que Cristo ajuntou, as denominações não têm o direito de separar. Como já disse, não uso títulos religiosos há mais de 46 anos, portanto, não tenho nenhum problema com quem não deseje usa-los. No entanto, faço isso, porque o rótulo de evangélico é pequena demais para descrever a fé cristã. Precisei descobrir uma palavra mais ampla, perfeita e onde coubece tudo o que Cristo ensinou. Cristão é a mais bela descrição daquilo que creio. Aponta para uma pessoa e não para uma instituição ou grupo. Sigo Jesus e não um movimento, prédio ou organização.
Vejo a Igreja como um agrupamento de pessoas, não como uma organização, mas como um organismo.

Conheço muita gente, que se apresentam como evangélicas, e não estão envolvidas os erros cometidos por suas denominações. O cristianismo é supra denominacional, é um Corpo. Na realidade estou mais preocupado com os meus erros, do que com os erros dos outros. E olha que os meus são muitos, diferentes, mas muitos. Quero me revoltar contra os meus erros e tentar ver os dos outros como um sinal de que eles precisam de ajuda, assim como eu também preciso. Agradeço aos cristãos evangélicos por me ajudarem a resolver alguns destes erros. Foi entre eles, que encontrei pessoas dispostas a investir no meu aperfeiçoamento pessoal.

Quem não se envolve   não sabe que os evangélicos se envolvem, profundamente em ações sociais e o fazem em larga escala. É claro que poderiam investir mais em gente do que em prédios, mas poucas instituições reservam tanto dinheiro, quanto eles, nesta área. Não possuem um departamento de Marketing para divulgar o que fazem nesta área. Eles também acertam, embora não sempre, assim como todo mundo.

A fé, segundo as Escrituras é pessoal e não denominacional. Por este motivo, não me sinto comprometido com denominações, mas com pessoas, começando comigo mesmo. Afinal, o meu amado Rabi disse que devo amar ao próximo como a mim mesmo.

Pessoas são meu alvo e não instituições. Meu objetivo de Vida é aperfeiçoar pessoas e não instituições. Nem quando eu pastoreava pessoas ligadas à instituições evangélicas, me via na obrigação de investir minha vida em suas organizações. Só investia em pessoas. Meu objetivo é salvar pessoas e não instituições.

O dom de pastorear tem a ver com a formação do indivíduo e não da denominação. Onde houver pessoas, eu estou dentro e onde se administra só estruturas, estou fora. Nenhum dom do Espírito Santo foi concedido à alguma instituição, mas para pessoas. O dom existe para que pessoas tenham como investir em outras pessoas. Simples assim.

Não uso o termo evangélico, por revolta, mas porque sua sonorização aponta para instituições religiosas. Sou cristão porque está palavra aponta para Cristo e porque os seguidores de Cristo se agrupam nas regiões celestiais e não denominacionais. Estão espalhados pelo Corpo de Cristo, onde quer que ele esteja e por onde ele se meter.

Ubirajara Crespo

A Bíblia do Guerreiro, a estação de tratamento e abastecimento onde você precisa parar todos os dias. O remédio mais eficaz para tratar o seu coração é a Palavra de Deus.